Cerdos-Ibéricos-Pedroches

A Precintia com o setor alimentar

O setor do porco ibérico, tal como o do porco branco, iniciou um processo de garantia de qualidade e melhoria dos produtos, e tem implementado, para o efeito, sistemas de controlo.

Os presuntos e paletas ibéricas, ao longo de todo o seu processo de produção, passam por múltiplos procedimentos como a matança do porco, até à sua venda ao cliente final. É necessária uma gestão e um controlo estritos, garantindo a rastreabilidade do produto durante todo o seu processo de produção.

A Precintia proporciona aos Matadouros, Indústrias e Denominações de Origem, IGPS e Entidades Certificadoras de Qualidade selos e etiquetas de segurança de diferentes tipos. Muitas empresas confiam na Precintia pelo facto de possuirmos produtos pioneiros na qualidade, e por oferecermos soluções com novas tecnologias RFID.

Entre os produtos que fornecemos, encontram-se os selos de segurança: Ten-Lok, Ten-Lok RFID, Bi-Lok, Pull Fly e Bridas para pendurar presuntos.

Também fornecemos sacos e selos de segurança para recolha de amostras, bem como etiquetas de segurança para o controlo do corte das fatias.

Pode fazer download do seguinte pdf para ver os produtos que disponibilizamos.

Setor do Presunto

03_Alimentacion

A Precintia com o setor do presunto

A classificação do presunto em Espanha é atribuída pela raça do animal e pela sua alimentação. Em função da raça do porco, distingue-se entre presunto ibérico e presunto branco, sendo que o primeiro procede de porcos ibéricos e o segundo de porcos brancos.